Minha cara de cearense

Cara de cearense, isso é bom ou ela quer que seja ruim?
Post em repúdio a atitude preconceituosa dessa senhora que pensa ser famosa, mas não passa de mais uma esposa de “fulano”.

O que me dá raiva, é ver essa preconceituosa usando o sobrenome honrado da minha família que veio, pra que fique bem claro, de Viçosa do Ceará, podem pesquisar. Temos origem francesa, como mostro no site a seguir:

Brasão da família.

Os Fontenelle

Só peço para quem for ler o site em si, que repare no detalhe que nosso Fontenelle foi modificado devido a vários fatores. E que o blogueiro em questão errou a grafia original da família ao grafar somente um L no nosso honrado nome. Breve publicarei o texto citado no meu blog com as correções e informações que meu saudoso avô Edmar Bezerril Fontenelle  me ensinou ao longo de meus trinta e poucos anos em sua companhia.

Sou cearense, nordestino, brasileiro, amo meu Ceará e a todos que fazem dele a terra mais gostosa de se viver. Amo passar na rua e cumprimentar quem nunca vi e receber um sorriso de volta. Amo nossa cara de brasileiros, independente de onde nascemos ou vivemos. Nossa cara de lutadores que somos, que brigamos por nossos direitos e nossas virtudes. Que brigamos quando mexem com gente da gente e contra gente que nunca foi nada e quer se promover através da fama de outros como essa cidadã está fazendo.

Quem é ela? Que bom trabalho na televisão ela ja fez? O que faz na vida além de aplicar botox naquela cara de preconceituosa e mal amada? Quem ela é pra dizer que um cidadão inteligente, que não gostou do filme que o marido dela dirigiu(somente dirigiu) e que realmente não passa de uma comédia de ação(que se da bem pela grande presença de bons atores, inclusive cearenses. O que ela é além de mulher do Marcos Paulo?(Que pena, eu até gostava do trabalho dele).

Através do perfil dela num blog publicado na internet, achei sua descrição. Vejam só:

Antonia Fontenelle

Burra igual a uma porta.

Quem sou eu(?)

Formada em Artes Cênicas desde 1994(muiiiiito tempo atrás?), em seu curriculum constam 15(tudo isso?) espetáculos teatrais(nunca ouvi falar de nenhum) entre eles: LIMA BARRETO AO TERCEIRO DIA, com direção de ADERBAL FREIRE FILHO; GAF – GRUPO DE ASSUNTOS FRIVOLOS, dom direção de DUDA RIBEIRO; e atualmente em turnê com a comédia SUBINDO PELAS PAREDES. No cinema já atuou em seis curtas metragens. Entre eles:INTERRUPÇÃO E ESCALENO com direção de ANDERSON CORREIA; VAMOS A PRAIA de CININHA DE PAULA(cearense). Na TV fez participação em “A DIARISTA” e atuou(?) na novela PARAISO TROPICAL(que novela foi essa?). A frente da FONTENELLE PRODUÇÕES(produtora?), criada em 1997, produziu entre outros o musical TRIBUTO A GONZAGUINHA, que rendeu ao ator GASPAR FILHO a indicação ao PRÊMIO SHELL. Produziu também clipes Musicais de CHICO BUARQUE, ZEZÉ DE CAMARGO E LUCIANO. Por três anos prestou serviços de casting para a CONSPIRAÇÃO FILMES.

Peço a todos amigos, cearenses ou não,  vamos começar um movimento em todo o país, para evitar perdermos nossa “cara”. Vamos mostrar essa preconceituosa o que o Ceará tem.

Outra raiva que me dá, foi ter feito uma critica boa sem ter assistido ao filme, para simplesmente falar do filme em meu blog. Fui burro, assumo. Mas, nem por isso, tenho vergonha de ter a cara que tenho. Um filme que foge da realidade, que já erra no título, o crime foi um furto qualificado, que peca em alguns pontos, é engraçado, mas não da vontade de ver de novo, como vários outros filmes sobre roubos que vemos por ai. Mas voltando ao ato em si, o que me dói é ver que muitos a apoiam, criticando nossa “cara”. Mal sabem eles, que o Ceará está em todo lugar. Em Fortaleza, em Recife, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Brasília, Assunção, Buenos Aires, Quito, Montevidéu, Punta del Leste, Santiago,Bogotá,  La Paz, Havana, Kingston, Cidade do México, Miami, Boston, Washington D.C., Montreal, Toronto, Quebec, Porto, Estoril,  Paris, Nice,  Madri, Roma, Nápoles, Milão, Vaticano, Frankfurt, Berlim, Berna, Zurique, Londres, Edimburgo, Bruxelas,  Atenas, Belfast, Budapeste, Bucareste, Zagred, Viena, Sarajevo, Copenhague, Praga, Amsterdã, Estocolmo, Kiev, Moscou,Oslo, Maputo, Abu Dhabi, Abuja, Cairo, Cidade do Cabo, Dakar, Iaundé, Pequim, Taipé, Tóquio, Yokohama, Osaka, Nagoya, Nara, Kobe, Seoul, Teerã, Bagdá, Camberra, Praia e outras cidades que não lembro o nome mas tenho certeza que tem cearenses ou nordestinos por lá. Estamos em todo o mundo, fiquem sabendo.  Nossa “cara” tá em todas.

Lastimo muito que o Brasil ainda tenha cidadãs como essa.

Espero que ninguém fique calado e onde tiver um cearense, não se esqueça, mostre sua “cara”.

A minha tá aqui.

VTNC Sra. MarcosPaulo
Sr.Albert, com sua cara de cearense.

			

Fair Play

O verdadeiro fair play

Só pra terminar definitivamente sobre o assunto do jogo do post anterior, gostaria de deixar minha opinião aqui.

Pra começar, o que é o fair play:

O fair play é simplesmente jogo limpo. Tem sua origem na sociedade aristocrática européia, e foi muito difundido pelo Barão Pierre de Coubertin idealizador dos Jogos Olímpicos da Era Moderna.

O conceito de jogar limpo representa a essência de qualquer esporte. O futebol como o principal esporte praticado no mundo não pode ficar sem esta essência, pois ela representa valores como a honra e a lealdade, o respeito pelos adversários e pela arbitragem, pelos companheiros e por si próprio.

O respeito total pelas regras, princípios e códigos de conduta, obedecendo o principio da justiça e renunciando a vantagens ilícita. Assim o futebol seria como uma “escola de cidadania”, ensejando a oportunidade de aprender que o sucesso é obtido não apenas através do desejo e da perseverança, mas também que é consagrado unicamente através da honestidade e da justiça.

Os praticantes tem possuir alma alva, lavada com o fair play. O futebol exige, no mínimo, que os praticantes joguem com respeito total e constante pelas regras, nunca devem esquecerem de que os árbitros têm mais experiência e uma visão muito melhor de que está acontecendo dentro do jogo. Como os jogadores, os árbitros farão erros do tempo ao tempo. Estes devem ser aceitados. Sem um árbitro não há nenhum jogo de futebol. Seus esforços devem ser respeitados e problemas ser compreendidos.

Cada jogo bom necessita um adversário bom. Mesmo o adversário mais afiado não é um inimigo. O futebol não é guerra. Ninguém aprecía perder, mas a derrota deve ser aceita como apreciação para a habilidade e o espírito do adversário. Aqueles que perdem hoje, podem ser o ganhadores do amanhã.

Independente de time, credo ou raça.

O fair play exige que nenhum adversário deve ser humilhado ou abusado por razões raciais, étnicas ou religiosas. O futebol é o desempenho e a participação do jogador, não faz discriminação a respeito das origens de seus praticantes.

O fair play é fundido no calor da amizade, do respeito pelo outro e do espírito esportivo. Representa um modo de pensar e agir. Ele não aceita o uso da astúcia e artifícios nem subterfúgios para obter o sucesso, o anti jogo, o doping, a violência (tanto física quanto verbal), a desigualdade de oportunidades e a corrupção. Os esportista em geral devem ter em mente que sempre haverá um outro dia a jogar e competir.

Reportagem da Rede Bobo(Dona do Flamídia).

Quanto ao caso do jogo em questão, acho que o Kléber tem razão, pois pelo que vi no lance, a bola seria do time alviverde, o jogador do time rubro-negro não tomou a iniciativa de chutar pra fora e o Kléber querendo mostrar que é esperto, saiu com a bola e provou que está precisando colocar o pé na forma.

Na coletiva, ele mostrou os lances que o time visitante também não respeitou o fair play e ninguém falou nada.

Maior fair play que já existiu;

Moral da história, jogo morno, polêmica nele pra melhorar a fama do cara que quase saiu do clube pra receber cem mil a mais de salário.

Pra terminar, o melhor fair play que eu já vi na vida. Valeu Ruud.

Ruud Van Nistelrooy

Olha lá, vai baterrrrr… Goooooooool!

Hoje resolvi escrever de novo sobre futebol, afinal, quarta-feira, geralmente tem jogão na tv. E hoje não é diferente.

Hoje, 20 de julho, o clássico dos batedores de falta. Dois times que sempre torço contra, na maioria das vezes em que joguem, menos contra times argentinos, óbvio. Mas, um grande jogo.

De um lado, Renato Abreu

e Ronaldinho Gaúcho.

Excelentes batedores de faltas do CRF,  que tem históricos de bons cobradores, Dejan Petković foi o mais recente, mas impossível não lembrar do grande Arthur Antunes Coimbra, Zico, o maior ídolo carioca de todos os tempos, mesmo para nós vascaínos, por sua grande contribuição ao futebol mundial. Júnior, excelente lateral direito, esquerdo, meia, e o que mais você pedir pra ele fazer.

Lembranças boas para os rubro-negros.

Do outro, SEP, com excelentes batedores em sua história, que hoje traz o grande Marcos Assunção.

Para alguns, falta perto da áera é meio gol com ele em campo. Mas temos outros grandes exemplos, como Alex, Roberto Carlos, Evair, Rivaldo, Djalminha entre outros. Mas um dos mais lembrados, Chiqui Arce, sem dúvidas um dos melhores batedores de falta que passaram pelo futebol alviverde.

Hoje temos outro atrativo no jogo, que é a possível escalação do matador Kléber, que foi nesse último mês, bastante caçado pela diretoria do time carioca a fim de trocar o campo alviverde pelo rubro-negro, mas pelo visto, não obtiveram êxito. Caso se confirme a escalação do jogador hoje, ele não poderá jogar por nenhum outro time da série A nesse ano.

O jogo seria inicialmente as 19:30, mas pela eliminação da seleção na Copa América, foi transferido para as 21:40, horário imposto pela televisão que infelizmente manda no futebol brasileiro hoje. Espero assistir um grande jogo de futebol e que de preferência, termine empatado.

Para os saudosistas, deixo um vídeo que marcou na história do futebol, um dos jogos mais fantásticos que já assisti.

Essa postagem é em homenagem a grandes amigos que tenho que infelizmente torcem pelo time rubro-negro, como Gony Arruda, Dilermando Portela, o grande Franzé de Sousa e meu tio Dedé.

Mas para meus amigos vascaínos, gente de extremo bom gosto, deixo um vídeo do ilustre  Juninho Pernambucano, gigante vascaíno que honrou a palavra e voltou para brilhar de novo no meu Vascão.

E para quem não lembrar, ele também é um magnífico cobrador de faltas.

 

P.S. Em tempo, o jogo terminou como eu queria  OxO. Mas, duas notícias boas para meu Ceará Sporting Club, nem o Ronaldinho “Burrinho” Gaúcho nem o Thiago “Chorão” Neves jogam domingo. Ronaldinho achou que estava apitando o jogo e não jogou quase nada, enquanto o Thiago Neves pouco teve chance de mostrar o futebol que o tirou do time das Laranjeiras.
O lance mais polêmico do jogo ficou por conta de outro apagado na partida, Kléber causou um mal-estar ao não cumprir um fair play e tentar um gol, mas mostrou que aquele não era seu dia ao chutar totalmente torto.

Se eu tivesse apostado com alguém ou respondido a alguma enquete como a que o Léo Monte ganhou do blog do DN, seria bem melhor.

Até mais.

Assalto ao Banco Central

Detalhe do poster do filme.
Um filme imperdível.

Hoje tava vendo o trailer do filme “Assalto ao Banco Central” e me lembrei, que no dia da descoberta do túnel, passei bem em frente a casa da “Grama Sintética”. Sempre passei por lá, dia após dia, pois trabalhava na Pereira Filgueiras, num escritório de advocacia. Mas no dia em questão, sinceramente não lembro se a polícia já estava lá. Lembro de muitos carros na rua nesse dia e que fiquei com raiva pois ia de bike e tive de subir a calçada para não demorar mais, pois já estava atrasado. Lembro que por volta de dez horas da manhã ouvi os comentários da Fran e da Nilda sobre o acontecido. Aproveitando para lembrar que ao contrário do que o filme sugere, não foi assalto. Pois como foi mostrado, não foi dado um tiro, ninguém foi ferido ou teve sua integridade atingida. Então, denomina-se furto, mas, para o filme, assalto fica mais interessante e vendável. Então, assalto fica mais “bonito”.

Cópia quase perfeita do original.
Produção perfeita da cópia da entrada do túnel.

Sempre gostei de filmes de assaltos e crimes “perfeitos”. Mesmo sabendo que eles não existem, sempre gostei e acredito que muitos também gostem, visto o enorme sucesso de filmes como a trilogia Ocean’s (Onze homens e um segredo; Doze Homens e Outro Segredo; Treze homens e um novo segredo) e muitos outros que temos por ai. Sei que nem todo mundo gosta, mas acredito que filmes assim, despertam curiosidade e são geralmente um misto de suspense com um humor fino. Por isso o sucesso. “Assalto ao Banco Central” não foge a regra, pois como os próprios atores que participaram do filme falaram em entrevistas, o filme tem um início meio cômico, mas com muita ação do meio pro fim. Promete muito e traz para a telona um grande diretor de televisão, Marcos Paulo. Promete muito pois ele como diretor, sempre consegue tirar muito dos atores com que trabalha. E o elenco foi muito bem escolhido.  Milhem Cortaz, Eriberto Leão,  Hermila Guedes, Lima Duarte, Giulia Gam, Gero Camilo, Cassio Gabus Mendes, Tonico Pereira, Vinicius de Oliveira, Milton Gonçalves, Antonio Abujamra.

Turma boa que participou do filme.
Pessoal envolvido na produção do filme.

O filme parece ser muito bom, mostra alguns fatos reais mas me parece que a maioria é adaptada ao cinema para envolver mais o público.

A pré-estréia foi no Rio de Janeiro.

Na noite de ontem, no Rio de Janeiro, convidados assistiram a pré-estreia do filme Assalto ao Banco Central. A sessão aconteceu simultaneamente em cinco salas e contou com a presença de todo o elenco e do diretor, Marcos Paulo.

Além do elenco, outros grandes nomes da TV e do cinema brasileiro estiveram presentes. Entre eles, Marcio Garcia, Fiorela Mattheis e Geovanna Tominaga chamaram a atenção do público que ficou no saguão a espera dos atores.

Todas as grandes emissoras de TV estiveram presentes para cobrir a festa. O programa Pânico na TV marcou presença com os apresentadores Silvio (Ceará) e Charles Henriquepédia.

Todos estavam muito ansiosos para a exibição. Ao fim da sessão o veredito final, de todas as salas se escutavam os aplausos. Diretor e elenco, muito satisfeitos, foram entrevistados e comemoraram junto com a equipe de produção.

Assalto ao Banco Central estréia no dia 22 de julho, próxima sexta, para todo o público. Para os produtores do filme, as expectativas são as melhores. (Texto retirado do blog do filme.)

Fica a dica, dia 22 de julho, em todo o Brasil, um filme de tirar o fôlego. Assistam e depois voltem para comentar comigo o que acharam.

Abração e até logo.

Como lidar com o fracasso. Homenagem a Mano Menezes.

Retirado do KibeLoco.
Oh e agora quem poderá nos salvar?

Devido a queda prematura das favoritas seleções do Brasil e Argentina na Copa América 2011, resolvi buscar na minha memória grandes fracassos que eu já vivi. A dor da perda, pensando no lado futebolístico, já vivi bastante, desde 1982, que sem dúvida foi a derrota mais digna, até 2010 com a seleção do futebol sem arte. Mas o maior de todos acho que vivi hoje. Não aceito uma seleção brasileira perder quatro penalidades. Se fosse uma do Neymar, até aceitava. Mas quatro?

Mas é a vida. Então, voltando ao fracasso, queria entender o que aconteceu, então, vou postar minha opinião e gostaria de ouvir a sua, pode ser?

André Santos, batendo penalti, mais um fracasso do Mano.

Ao contrário de muitos, eu achei muito bom o Brasil ter saído da Copa América. Calma, não precisa me xingar, não deixei de pensar e passei a comer capim não, falo por que banalizaram a seleção, que virou um produto na mão de um senhor que pelas próprias palavras disse que não gosta de futebol. NÃO GOSTA DE FUTEBOL. Mas preside a principal entidade de futebol do país. Como pode isso? Penso que ele, com sua voracidade em vender a nossa seleção, acabou com o prazer do brasileiro em assistir os jogos da amarelinha. Acabou o tesão do brasileiro em ver o Brasil jogar.

O time jogou sem motivação? Não! O time jogou sem força? Não! O time jogou sem técnica e sem técnico. Primeiro, não tinhamos jogadas ensaiadas. Só aquele lançamento do T.Silva pro Pato que sempre tinha dois paraguaios em sua cola. Não tinhamos um centroavante matador para lançarmos a bola na área e ele fazer mágica como vários goleadores da seleção no passado tinha. O Paraguai visivelmente não queria jogar bola, queria pegar o erro do Brasil e tentar a sorte. Faltou ao Mano a visão de que se não marcassemos gol na primeira etapa, deveriamos ter Lucas(SPFC) e Elano no começo do segundo tempo para deixar os paraguaios loucos. Pena que ele não tem visão de jogo como tem Zagallo, Parreira, W.Luxemburgo e outros. Ontem disseram que o Brasil treinou cobranças de penaltis para uma eventual necessidade. Acho que treinaram em outro tipo de campo. Possivelmente em uma universidade americana escondida no interior argentino, com o “Y” ao invés de traves do nosso futebol. Retirei o trecho abaixo do site Terra, para provar que não foi só eu que vi, desde o primeiro jogo que o Brasil não quer jogar, quer dar show. Mas se esquece que pra dar show, tem que saber jogar.

A melhor chance brasileira veio aos 31min. André Santos cobrou falta na esquerda e Lúcio entrou de carrinho. A bola pegou em Villar e o gol não saiu por pouco. Esta foi a única finalização correta do Brasil no primeiro tempo, o que indicava um erro recorrente nesta campanha na Copa América: capricho no acabamento das jogadas. 

Faltou o gol. Na maioria das vezes faltava o arremate na hora certa. Não critico ninguém em particular, mas que houve preciosismo isso teve e muito. Faltou o homem gol, aquele que pega a sobra e chuta de onde for para balançar as redes.

Faltou calma ao Ganso, pois futebol ele tem. Mas acho que ainda tá preocupado com a proposta dos clubes europeus e sua recente recuperação da lesão que o afastou do futebol por alguns meses.

Faltou tranquilidade ao Neymar. Faltou cabeça ao jogador que infelizmente se deixou levar pela fama. Mesmo jogando uma barbaridade, ainda falta experiência e noção de coletividade. Ele é muito bom jogador, mas ainda tem que aprender bastante para virar um craque como querem que ele seja.

Faltou principalmente técnico, que infelizmente vamos ter que aguentar até os amistosos com a Argentina.

Agora é esperar pelos amistosos que vem por aí, pra ver o que vai mudar. E torcer pela minha seleção. A alvinegra, óbvio.

Ceará Sporting Clube.
Meu Vozão campeão arrastão 2011.

Chico e a internet.

Chico Buarque e a internet.

Depois de ser criticado na internet, Chico Buarque falou sobre a experiência de ler, pela primeira vez,  comentários sobre uma notícia sobre ele. Vale a pena assistir, ao menos para rir com ele. Muito bom!

Aprenda a usar as redes sociais a seu favor

Saiba usar as redes sociais a favor do seu marketing pessoal.
Marketing Pessoal nas redes Sociais

Marketing pessoal: use as redes sociais a seu favor

Escrito por Gabriel Galvão em 25 fev, 2010

Marketing pessoal não é nenhum assunto novo. Redes sociais também não. A relação entre os dois é que não é muito bem compreendida por muitos profissionais, que acham que basta estar nas mídias sociais para melhorar seu destaque no mercado de trabalho. Como já dito em alguns artigos pela blogosfera, o simples fato de se inscrever e editar um perfil em algum site de relacionamento não quer dizer que você realmente “está” lá. E justamente por isso nenhum marketing pessoal surte efeito quando você não é atuante dentro das redes sociais.

Estratégias para elevar seu destaque no mercado devem envolver também a atuação dentro das redes sociais. Twitter, Facebook e LinkedIn e outras páginas de relacionamento dão uma prévia de quem é o indivíduo, suas habilidades e experiências, aspirações profissionais e o que está fazendo para alcançá-las. Mas, como dito acima, não basta apenas sair postando tudo que pensa a cada quinze minutos. A qualidade do que você publica reflete o quão sério você se apresenta nas redes sociais.
E como levar as redes sociais a sério?

Não falo em tratar as redes sociais de forma sisuda. Eu mesmo não uso as redes sociais apenas para falar de trabalho. Contudo, posso garantir que a maioria das minhas postagens traz algo interessante para quem me acompanha digitalmente. Algumas dicas podem ser observadas para que você seja alguém de destaque dentro das redes sociais:

Esteja presente, mas não seja um chato: poste regularmente, mas não de minuto em minuto. Qualidade não quer dizer necessariamente quantidade, principalmente se você estiver no Twitter, onde muitas postagens seguidas tornam seu perfil enfadonho e inconveniente. Se você estiver usando microblogs (e praticamente todas as redes estão aderindo a esse recurso), dez postagens ao longo do dia já dá para fazer com que as pessoas notem você e seu marketing pessoal;
Entregue valor: pessoas que publicam apenas frases de interesse exclusivamente pessoal para o autor, como “comendo pipoca e assistindo filme”, “acabei de voltar da academia” e “vou dormir agora”, de certa forma demonstram que ele está mais interessado em falar apenas dele, e pessoas que falam somente de si mesmas são consideradas pedantes e egoístas. Para ser relevante, não fale apenas de si. Trate de assuntos que possam interessar a muitas pessoas. Só assim poderá fazer com que seus contatos nas redes sociais vejam em você pontos semelhantes neles;
Dialogue: relacionamentos, mesmo em meios virtuais, são vias de mão dupla. Quando você somente fala, sem dar a chance do outro responder ou menosprezando o que ele diz, torna-se um verdadeiro chato. Faça perguntas, enquetes, responda questionamentos, enfim, converse com as pessoas. É a forma mais primitiva e eficiente de fazer amigos, e um dos requisitos do marketing pessoal.

Usando as redes sociais a seu favor, suas ações para incrementar seu marketing pessoal tornam-se bem mais eficientes. O poder das redes sociais amplifica sua voz e divulga seu perfil profissional para os quatro cantos do mundo. Por isso, cuidar da sua rede é fundamental.

Veja o original em:

http://www.pontomarketing.com/marketing/marketing-pessoal-use-as-redes-sociais-a-seu-favor/#ixzz1SJjMFX4G
ou siga no Twitter: @pontomarketing
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

O que são redes sociais?

Introdução às redes sociais.

Facebook, twitter, youtube, orkut, flickr, msn.
As redes sociais mais conhecidas no Brasil

Sites como o Facebook e o Twitter estão por toda a parte, atualmente. Você ouve falar em tweets e em postar em murais e fica se perguntando se o mundo das redes sociais é para você. Esta breve explicação irá ajudar você a entender o que são redes sociais. Depois, apresentaremos você às redes sociais online Facebook e Twitter, juntamente com instruções de como começar a usá-las e como se manter seguro. Vamos lá!

O que são redes sociais?
Grosso modo, redes sociais são um meio de se conectar a outras pessoas na internet. Os sites de redes sociais geralmente funcionam tendo como base os perfis de usuário – uma coleção de fatos sobre o que um usuário gosta, não gosta, seus interesses, hobbies, escolaridade, profissão ou qualquer outra coisa que ele queira compartilhar.

Geralmente, esses sites oferecem vários níveis de controle de privacidade. Por exemplo, o Facebook permite que outras pessoas encontrem o seu perfil, procurando pelo seu nome ou endereço de email, mas você pode proteger as informações particulares do seu perfil de qualquer um que você não tenha aprovado especificamente. No Twitter, você pode definir que suas atualizações sejam particulares, podendo ser vistas apenas pelas pessoas que você aprovar.

O objetivo das redes sociais é juntar um grupo de pessoas com quem você esteja interconectado por um ou mais fatores.

Algumas redes sociais estão montadas especificamente ao redor de interesses especiais. Esses sites existem para compartilhar experiências, conhecimentos e formar grupos sobre tópicos específicos.

Redes sociais: por que se incomodar?
Definir o que são redes sociais é fácil. Geralmente, a pergunta que as pessoas que não estão usando essa tecnologia realmente se fazem é “por quê?”. A maioria das pessoas que se envolve com o Facebook e o Twitter veem benefícios tangíveis (e alguns intangíveis). Quando você cria uma rede social, elas tendem a funcionar muito com as redes de relacionamentos no mundo real. Você vê notícias, discute problemas do trabalho e da vida particular, compartilha suas ideias e tem acesso a experiência e expertise a que não teria acesso de outra forma.

Contatos são contatos, estejam eles online ou no “mundo real”. A velha frase “não é o que você sabe, mas quem você conhece” é verdadeira – quanto mais pessoas você conhecer, melhor. Talvez aquele seu velho amigo do ginásio esteja começando um novo negócio e precise da sua expertise. Definitivamente, conhecimento é poder.

Abrir uma conta no Facebook é realmente fácil, e não deve demorar mais do que alguns minutos para fazer a configuração inicial. Acesse a página inicial do Facebook e siga as instruções

Twitter: aspectos básicos
O Twitter confunde mais as pessoas do que o Facebook. Ele parece realmente pouco intuitivo: como dizer qualquer coisa em apenas 140 caracteres? A ascensão meteórica da popularidade do Twitter é uma boa indicação que de é possível se comunicar bem, mesmo com tão poucas palavras. De fato, a Nielsen.com afirma que o Twitter tem um crescimento mensal de 1.382%.

O Twitter foi fundando em 2006 por Jack Dorsey e, sendo um serviço tão novo, tem um grande contingente de fãs ardorosos. O microblogging (pequenas entradas de blog com apenas um pensamento ou evento) cresce em popularidade pelo mesmo motivo, em parte, pelo qual o Facebook também se torna mais popular: a sensação de comunidade.

É necessário pouquíssimo tempo para fazer uma atualização de 140 caracteres e compartilhá-la com amigos e contatos. E demora muito pouco para eles fazerem o mesmo. Saber o que as pessoas estão fazendo, pensando e lendo cria novas definições de comunidade.

E não é só isso: o Twitter é um jeito ultrarrápido de disseminar notícias ou informações importantes. Os posts no Twitter são chamados de tweets, e, quando você retransmite um tweet, ele se torna um retweet. Essa funcionalidade permite que você compartilhe o que é importante para você simplesmente clicando em alguns botões.

Hash tags (tags precedidas de “#”) representam um tópico no Twitter. Por exemplo, programas de TV populares terão hash tags quando as pessoas fizerem comentários em tempo real, enquanto o programa estiver no ar. Se você estiver assistindo a um programa chamado 24, por exemplo, e quiser conversar sobre ele com outras pessoas que também estiverem assistindo, poderá seguir os comentários no Twitter, procurando por #24.

O léxico do Twitter O Twitter tem o seu próprio vocabulário. Aqui estão alguns dos termos mais comuns:
Tweet: Uma atualização/post de 140 caracteres ou menos no serviço do Twitter.
Retweet: Retransmitir um tweet de um contato para a sua própria lista de contatos.
Hashtag: O uso do sinal da tralha (#, chamado em inglês de “hash”) antes de um tópico no seu tweet. Por exemplo, você usaria a hashtag #houstonrockets ao falar tweetar sobre o time, para que outros torcedores possam achar seu tweet facilmente.
Tweeps: Pessoas que usam o Twitter e que você segue em mais de uma rede social (por exemplo, alguém que seja seu contato no Facebook e no Twitter).
Twitosfera: A comunidade total de tweeters.
@nomedeusuário: É assim que você faz um link para um usuário específico no Twitter. @stephenfry, por exemplo, é o link para a conta do popular comediante britânico Stephen Fry.
DM: Sigla para Mensagem Direta (Direct Message). Você pode enviar uma mensagem particular para outro usuário, digitando “d nomedeusuario” (sem as aspas).
Abrir uma conta no Twitter é mais fácil do que no Facebook e não deve demorar mais do que alguns minutos para fazer a configuração inicial. Acesse a página inicial do Twitter e siga as instruções

Como as empresas usam o Facebook e o Twitter
Mesmo que isto seja uma breve apresentação, é importante você saber como as empresas e marcas estão usando esses serviços para conseguir audiência. Esse tipo de marketing social funciona porque ele se apoia em construir uma comunidade, o que tem aspectos bons e ruins para o cliente. Vejamos quais são esses aspectos.

Aproveitando ao máximo os relacionamentos da marca Quando você entra numa página de fãs de uma marca no Facebook (a Campanha Dove pela Real Beleza é muito popular, só para citar uma), você pode ter grandes benefícios. Frequentemente, o pessoal do marketing usa páginas de fãs e contas do Twitter para pedir opiniões das pessoas sobre produtos. Como você usa o produto? O que você faria para deixá-lo melhor? Qual é o maior problema dele? É uma grande oportunidade de se fazer ouvir em um ambiente em que as marcas falam diretamente com as pessoas. Se fizerem essas perguntas para você, tente separar um tempo para responder, para que você possa falar sobre seus produtos favoritos.

Outro grande “efeito colateral” do marketing social no Facebook e no Twitter é a oferta especial. As empresas com frequência tweetam ofertas especiais que não estão disponíveis em outro lugar, dando uma oportunidade de ouro para fazer um negócio que mais ninguém vai fazer. Ou você pode se tornar um fã do seu restaurante local favorito no Facebook e receber avisos de happy hours especiais para fãs ou outros eventos.

Como o mundo das redes sociais se baseia em construir relacionamentos, as marcas realmente querem fazer um esforço para fidelizar os clientes. Clientes insatisfeitos que tiverem muitos contatos podem se tornar o pesadelo das relações públicas, de uma hora para outra. Basta navegar em um site de defesa do consumidor, como o Consumerist, se você duvidar do poder de um consumidor enganado.

Quer ver o que a HP faz no Facebook e no Twitter? Veja a página de fãs da HP no Facebook ou veja as últimas notícias da HP seguindo @HPNews no Twitter.

Não deixe a marca fora do gancho Para ter todos os benefícios oriundos de estar envolvido ativamente em comunidades de fãs de marca e contas de Twitter, ainda há algumas questões importantes. Empresas inescrupulosas podem tentar usar informações particulares de modo errado, vendendo-as para scammers. Se você suspeitar que isso aconteceu com você, não hesite em avisar o suporte do Facebook ou do Twitter.

E se a marca em si acabar sendo um spammer? Geralmente, as marcas não entendem como se relacionar no espaço social, e acabam se tornando fontes de incômodos e spams para o consumidor. Se você receber várias mensagens por dia só com promoções, sem nenhum conteúdo, sinta-se livre para romper os laços com a empresa imediatamente.

Postado originalmente em :
http://h30458.www3.hp.com/br/ptb/smb/941786.html