Olha lá, vai baterrrrr… Goooooooool!

Hoje resolvi escrever de novo sobre futebol, afinal, quarta-feira, geralmente tem jogão na tv. E hoje não é diferente.

Hoje, 20 de julho, o clássico dos batedores de falta. Dois times que sempre torço contra, na maioria das vezes em que joguem, menos contra times argentinos, óbvio. Mas, um grande jogo.

De um lado, Renato Abreu

e Ronaldinho Gaúcho.

Excelentes batedores de faltas do CRF,  que tem históricos de bons cobradores, Dejan Petković foi o mais recente, mas impossível não lembrar do grande Arthur Antunes Coimbra, Zico, o maior ídolo carioca de todos os tempos, mesmo para nós vascaínos, por sua grande contribuição ao futebol mundial. Júnior, excelente lateral direito, esquerdo, meia, e o que mais você pedir pra ele fazer.

Lembranças boas para os rubro-negros.

Do outro, SEP, com excelentes batedores em sua história, que hoje traz o grande Marcos Assunção.

Para alguns, falta perto da áera é meio gol com ele em campo. Mas temos outros grandes exemplos, como Alex, Roberto Carlos, Evair, Rivaldo, Djalminha entre outros. Mas um dos mais lembrados, Chiqui Arce, sem dúvidas um dos melhores batedores de falta que passaram pelo futebol alviverde.

Hoje temos outro atrativo no jogo, que é a possível escalação do matador Kléber, que foi nesse último mês, bastante caçado pela diretoria do time carioca a fim de trocar o campo alviverde pelo rubro-negro, mas pelo visto, não obtiveram êxito. Caso se confirme a escalação do jogador hoje, ele não poderá jogar por nenhum outro time da série A nesse ano.

O jogo seria inicialmente as 19:30, mas pela eliminação da seleção na Copa América, foi transferido para as 21:40, horário imposto pela televisão que infelizmente manda no futebol brasileiro hoje. Espero assistir um grande jogo de futebol e que de preferência, termine empatado.

Para os saudosistas, deixo um vídeo que marcou na história do futebol, um dos jogos mais fantásticos que já assisti.

Essa postagem é em homenagem a grandes amigos que tenho que infelizmente torcem pelo time rubro-negro, como Gony Arruda, Dilermando Portela, o grande Franzé de Sousa e meu tio Dedé.

Mas para meus amigos vascaínos, gente de extremo bom gosto, deixo um vídeo do ilustre  Juninho Pernambucano, gigante vascaíno que honrou a palavra e voltou para brilhar de novo no meu Vascão.

E para quem não lembrar, ele também é um magnífico cobrador de faltas.

 

P.S. Em tempo, o jogo terminou como eu queria  OxO. Mas, duas notícias boas para meu Ceará Sporting Club, nem o Ronaldinho “Burrinho” Gaúcho nem o Thiago “Chorão” Neves jogam domingo. Ronaldinho achou que estava apitando o jogo e não jogou quase nada, enquanto o Thiago Neves pouco teve chance de mostrar o futebol que o tirou do time das Laranjeiras.
O lance mais polêmico do jogo ficou por conta de outro apagado na partida, Kléber causou um mal-estar ao não cumprir um fair play e tentar um gol, mas mostrou que aquele não era seu dia ao chutar totalmente torto.

Se eu tivesse apostado com alguém ou respondido a alguma enquete como a que o Léo Monte ganhou do blog do DN, seria bem melhor.

Até mais.